Primeira vez

Uma das sensações de que mais gosto é a que antecede um primeiro encontro. O friozinho na barriga, as palpitações do coração, a expectativa.

E toda a ansiedade de ficar a sós com aquela pessoa que você conheceu numa festa, num café, numa viagem ou no trabalho. Será que ele é legal? Será que gosta de Guns? Será que o papo vai render?

Mas o que eu mais gosto é que um primeiro encontro é sempre uma folha em branco. Milhões de possibilidades podem surgir e, o melhor, você não precisa se preocupar com nenhuma delas.

O conto de hoje é sobre as delícias – e angústias – do “a gente vai sair pela primeira vez hoje”.

Primeiro encontro

Se arrumou. Sorria olhando para sua imagem no espelho. Não costumava se achar bonita, mas achou que, talvez, as possibilidades tivessem deixado tudo mais harmonioso em seu rosto.

O cabelo estava daquele jeito meio bagunçado, que raríssimas vezes ela acertava. A maquiagem era leve, porque não queria parecer muito ansiosa. O vestido era simples, mas bonito. Curto, mas não muito.

Procurou aquele nervosismo que sempre experimentou nos poucos “primeiros encontros” que tivera, mas não o encontrou. Sentia-se estranhamente segura.

Encarando sua imagem, pensou que pela primeira vez não se importava com o final da história. Pela primeira vez, ela só queria ser.

E sentiu na boca o gosto de uma sensação desconhecida até então: coragem.

Não havia medo temperado de reservas. Só a vontade de deixá-lo se aproximar o quanto ele quisesse. E de se aproximar o quanto ele permitisse.

Naquele breve momento na frente do espelho, ela sentia que tudo era possível.

Quando saiu do quarto, rumo ao primeiro encontro, ainda sorria. E quem observasse com um pouco mais de atenção, veria que seus olhos dançavam.

primeiroencontro.jpg

ju1.jpg Juliana Borel é aspirante a escritora e poeta. Pra ganhar dinheiro e pagar as contas é jornalista a maior parte da semana. Pra se inspirar gosta de ouvir Guns, trilhas sonoras e esbarrar por aí em pessoas interessantes. Seu blog procurasepoesia.blogspot.com.br é praticamente seu DNA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s