Você já disse eu te amo?

Quando eu era adolescente, dançava sempre sozinha nas festinhas da galera. A música lenta começava a tocar, os casais se formavam e eu, a menina de cabelos cacheados, vestindo seu melhor vestido e usando pouca maquiagem, sempre encontrava um canto escondido pra dançar, discretamente, de um lado pro outro. Sonhava.

Com um par que no momento em que a música suspirasse sussurraria em meu ouvido “Eu te amo”.

Você saberia descrever a primeira vez em que ouviu “Eu te amo”? Saberia contar como se sentiu?

Compartilha comigo.

Vou contar uma história pra vocês.

Eu te amo

Pra ler ouvindo: Brighter than sunshine | Aqualung

Eu lembro daquele dia. Sorri e coloquei o cabelo atrás da orelha. Você nem sabia, mas aquele gesto – colocar uma mecha inconveniente atrás da orelha, baixar o olhar e sorrir – era um sinal grandioso.

Depois que nos conhecemos, nunca mais consegui ler uma página de um livro inteira. Não sem, no meio de uma frase ou outra, me pegar divagando sobre você e o nosso último encontro.

Depois de você, as poesias se transformaram. Passei a entendê-las com um coração preenchido, não somente com uma alma sonhadora.

Quando cantei pra você aquela música que sempre me fazia pensar em nós dois, me senti como uma menina de novo, na frente da escola inteira, tendo que recitar um poema de cor.

E você sorriu.

Eu não tinha terminado de cantar. Não tinha nem chegado ao refrão.

E você sorriu.

Eu achava que sabia descrever todos os sentimentos. Naquele dia, soube que não.

Até que teve aquela noite.

A gente deitado, um de frente pro outro, tendo como luz apenas um raio de luar e como roupa apenas o lençol.

Estávamos calados há um tempo. Eu mexia displicentemente no seu cabelo, enquanto você me olhava com firmeza nos olhos.

E, então, você disse.

Três palavras.

Dois segundos.

Uma vida esperando por aquele momento.

Sabe felicidade?

Eu não sabia até ali.

Quando respondi, nós sorrimos juntos e nos abraçamos. Lembra?

Claro que sim.

Afinal, é como diz a nossa música, aquela que eu cantei pra você: “I’m yours and suddenly you’re mine. And It’s brighter than sunshine”.

te amo post 2 de setembro.jpg

ju1.jpg Juliana Borel é aspirante a escritora e poeta. Pra ganhar dinheiro e pagar as contas é jornalista a maior parte da semana. Pra se inspirar gosta de ouvir Guns, trilhas sonoras e esbarrar por aí em pessoas interessantes. Seu blog procurasepoesia.blogspot.com.br é praticamente seu DNA.

Anúncios

3 comentários sobre “Você já disse eu te amo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s